Rádio Nova Vida FM

Baixe nosso aplicativo Disponível no Google Play

Religião

Festa de São Sebastião é celebrada na Igreja Matriz da Paróquia Bom Jesus em Brumado

Festa de São Sebastião é celebrada na Igreja Matriz da Paróquia Bom Jesus em Brumado Foto: Diego Vieira

A Comunidade Matriz do Bom Jesus, em Brumado-BA celebrou a festa em honra e glória a São Sebastião, mártir da Igreja e padroeiro desta comunidade, nos dias 17 a 20 de janeiro de 2022, com muito entusiasmo e louvor.

Baseado no tema central “Por uma Igreja Sinodal: Comunhão, Participação e Missão”, foi realizado o tríduo festivo, refletindo o convite feito pelo Papa Francisco que, “O caminho da sinodalidade é precisamente o caminho que Deus espera da Igreja do terceiro milênio”, como o tema decisivo para a nossa vida e missão. A abertura foi dada pela Santa Missa, celebrada pelo Padre, Sandro Alves Teixeira Lima e concelebrada pelo Padre Cleonidio Alves da Silva e a presença do diácono José Nilton. Padre Sandro, em sua homilia, lembrou que São Sebastião foi aquele que avançou pelo caminho da fé, mantendo-se fiel a Cristo e a Igreja, assim ele foi um exemplo de célula viva na Igreja, nos deu uma prova de amor deixando o desígnio de Deus agir em sua vida.

Seguindo os dois dias de tríduo, os fiéis puderam lembrar um pouco mais sobre a vida de São Sebastião, recordando sobre os conflitos e perseguições sofridas pelos cristãos em Roma e a decisão importante tomada pelo soldado fiel e corajoso, São Sebastião, em ajudar os cristãos que habitavam os quatro cantos do império romano.

Na segunda noite refletimos sobre a Vocação sinodal do povo de Deus, com a presença do Diácono José Nilton e na terceira noite, sobre a Escuta e o Diálogo para o discernimento comunitário.

Foram dias de muita oração e reflexão da palavra e aprofundamento da fé na vida dos cristãos fiéis devotos de São Sebastião.

No dia 20, dedicado ao padroeiro, a festa foi iniciada com a alvorada festiva às 06h30, logo após, missa matinal; ao meio-dia, oração do Ângelus em família, e às 18h, Missa Solene, presidida pelo pároco Padre Cleonidio Alves da Silva.

O evangelho refletido na celebração eucarística foi muito bem discutido pelo pároco, que enfatizou o que vimos nos três dias de preparação para a festa, sobre a nossa caminhada de fé, a igreja sinodal, uma igreja que dialoga e caminha junto, proposta pelo Papa Francisco até 2023 para todo o mundo. Uma igreja que é participação, missão e que viva em comunhão.

O sínodo, proposto pelo Papa nos dará a oportunidade de uma boa caminhada de missão, de escuta e de aprofundamento da nossa igreja de Jesus Cristo.

Lembrou da preparação para esse grande dia de festa e confrontou a vida de São Sebastião com o evangelho, o próprio Cristo.

Padre Cleonidio mencionou: “Nós costumamos às vezes parar naquilo que é mais fácil para nós, aquilo que incomoda menos a nós e lembrando a devoção a São Sebastião, qual a parte que nos pegamos mais na vida dele? São Sebastião foi aquele que nos livrou da peste, da fome, das guerras, esse detalhe é grandioso, é bonito, mas isso aconteceu quando ele já tinha partido, quando da transposição de sua relíquia, em Roma, estava assolando uma peste e segundo a tradição, a fé em São Sebastião livrou-os dessa peste. Em Brumado também tem essa tradição, que anos atrás uma peste assolou e São Sebastião livrou o nosso povo.”  Continuou enfatizando que isso é importante, mas devemos lembrar o porquê São Sebastião morreu, por que assassinaram ele, por que ele é mártir, é isso que precisamos conhecer e confrontar com a vida de Jesus Cristo, uma vez que viveu nos momentos mais difíceis da igreja. “Foram os três primeiros séculos de perseguição, muitas pessoas derramaram sangue por causa da fé em Cristo, bastava professar a fé em Cristo para ser perseguido. Era o império romano que dominava, Deocleciano foi um dos mais cruéis imperadores. E o soldado Sebastião entrou para o exército com o objetivo de ajudar os que eram perseguidos, torturados por causa da fé, ele tinha acesso facilitado a essas pessoas, onde levava remédio, conversava e cuidava daqueles que estavam sendo perseguidos. Denunciado pelos próprios colegas, o imperador mandou matar Sebastião, primeiro atirou-lhe flechas, mas ele não morreu, foi cuidado por uma senhora, mas resistiu e foi falar com o imperador, que depois mandou espancar até a morte, mandando enterrar seu corpo para os cristãos não saberem de nada, mas depois foi encontrado seu corpo e enterrado dignamente.”

E lembrando o evangelho, onde Jesus usa uma expressão “Não tenhais medo”, também retomada pela carta de Pedro, não tenhais medo porque eles matam o corpo, mas não matam a alma e está em plena sintonia com a vida do santo, “que não foi um homem covarde, medroso, foi corajoso, fez o que devia fazer, enfrentou as várias realidades, serviu aos seus irmãos cristãos, continuou a sua missão até o fim, mas assim como Cristo ele está vivo em nosso meio, senão não estaríamos aqui.” E acrescenta que Jesus, em outro texto, diz: Se perseguiram a mim, irão perseguir vocês também.

Encerra sua homilia reforçando a palavra do Senhor, “não tenhais medo”, lembrando o terrível momento que estamos atravessando, com quase 700 mil mortes pela Covid 19, mais de 100 milhões de brasileiros com insegurança alimentar, sem teto, sem trabalho e que tem algum problema acontecendo com tantas pessoas negacionistas, que não querem que as crianças se vacinem, não gostam de ouvir a verdade, não querem levar as crianças para vacinarem. Então tem algo errado, a verdade do evangelho precisa ser dita, precisamos estar em plena sintonia com a vida e não tenhamos medo e que São Sebastião nos livre dessa peste que já vitimou tantas vidas e de outros males, a peste, a fome e a guerra.

A celebração seguiu seu rito normal, com a oração do credo, a ladainha a São Sebastião e a oração eucarística, depois a comunhão feita pelos fiéis presentes. No final da celebração uma linda queima de fogos abrilhantou mais ainda os festejos e acompanhado pelo hino de São Sebastião, os devotos ergueram os braços ao nosso amado protetor, cantando e louvando o seu padroeiro. Houve também o sorteio de brindes que ajudaram a custear as despesas da festa com a venda de muitos bilhetes.

Esse ano mais devotos puderam acompanhar os dias de festa de São Sebastião  na assembleia e outros acompanharam de casa o momento, pois houve transmissão todos os dias pelas redes sociais da Paróquia Bom Jesus, de Brumado-BA, e também através da Rádio Nova Vida FM 87,9.

Whatsapp

(77) 99823-5791

Telefone

(77) 3441-6140

Endereço

Praça Abias Azevedo, 650, Hospital, Brumado/BA

Email

contato@radionovavidafm.com.br

Copyright © 2022 Rádio Nova Vida FM | Criado por Diego Fagner